quarta-feira 17 de abril de 2024

Caso Robinho

A atitude desesperada que pode beneficiar Robinho na justiça brasileira

Atacante foi condenado a nove anos de prisão na Itália
segunda-feira 04 de março de 2024 | 23:11hs.
Robinho comemora gol pelo Real Madrid
Robinho comemora gol pelo Real Madrid

Depois que o lateral-direito Daniel Alves foi condenado na Espanha a quatro anos de prisão pelo crime de violência íntima, as atenções se voltaram para outro jogador brasileiro de renome: Robinho. Com passagens por Real Madrid, Manchester City e Milan, o atacante que disputou duas vezes a Copa do Mundo com a Seleção Brasileira também vive dias de expectativa no Brasil.

Lee también: A comovente homenagem que Pelé ganhou no Brasil 1 ano após sua morte

Condenado a nove anos de prisão na Itália por violência íntima coletiva, o ex-atacante do Atlético-MG está em liberdade em seu país natal. O judiciário italiano chegou a pedir a extradição de Robinho, mas o Brasil não extradita os seus próprios cidadãos, conforme previsto na Constituição Federal. E uma pessoa que esteve com o atacante na época do crime tentou “tumultuar” o ambiente.

Robinho muda rotina e se isola depois de condenação por estupro | Metrópoles
Robinho foi revelado pelo Santos, onde se tornou um dos maiores ídolos da história do clube

Ricardo Falco é amigo do jogador e também foi condenado aos mesmos nove anos de cadeia pelo mesmo crime. Ele chegou a pedir o adiamento do julgamento de ambos pelo Superior Tribunal de Justiça, marcado para o dia 20 de março. O tribunal vai analisar a homologação da sentença da Itália, que condenou Falco e Robinho. O último clube que o atacante defendeu foi o Istambul Basaksehir, da Turquia, em 2020.

Lee también: Enquanto Dani Alves cumpre pena na Espanha, o lugar onde Robinho foi visto no Brasil

Por ter tumultuado o andamento da ação, Falco foi novamente condenado. Desta vez, o amigo do “Rei das Pedaladas” vai ter que pagar uma multa de um salário mínimo, por atrapalhar o andamento do processo. Caso a sentença seja homologada, Robinho e Falco cumprirão a pena em regime fechado. Revelado pelo Santos, o camisa 7 conquistou cinco títulos: Campeonato Brasileiro (2002 e 2004), Campeonato Paulista (2010 e 2015) e a Copa do Brasil (2010).