quarta-feira 17 de abril de 2024

Daniel Alves

Caso Dani Alves: doação de Neymar fica no centro de polêmica na Espanha

Família do jogador doou R$ 800 mil para o lateral atenuar o tempo de pena
domingo 03 de março de 2024 | 11:12hs.
Neymar e Dani Alves no Barcelona
Neymar e Dani Alves no Barcelona

A sentença de Daniel Alves na Espanha segue dando o que falar. No dia 22 de fevereiro, o lateral brasileiro foi condenado a quatro anos de prisão em regime fechado pelo crime de violência íntima contra uma jovem de 23 anos, cometido na noite do dia 30 de dezembro de 2022. Na ocasião, o atleta estava na boate Sutton, em Barcelona, onde forçou a moça a manter relações íntimas sem o consentimento dela.

Lee también: Depois de renovar com o Flamengo, o destino surpreendente que Gabigol teria

No dia 20 de janeiro do ano passado, Daniel teve a sua prisão preventiva decretada. Seu contrato com o Pumas-MEX, onde jogava, foi rescindido por justa causa. Desde então, o jogador tentou diversas vezes entrar com recurso para responder ao processo em liberdade, mas não obteve sucesso. Trocou de advogado pelo menos duas vezes, mas seguiu detido em Barcelona, aguardando julgamento.

Neymar envia R$ 800 mil a Daniel Alves para reduzir pena de ex-jogador, diz  site
Dani Alves e Neymar na Seleção Brasileira

Durante o julgamento, foi noticiado que a família do atacante Neymar, seu grande amigo e ex-companheiro de Barcelona, Paris Saint-Germain e Seleção Brasileira havia feito uma generosa doação de R$ 800 mil, para servir como atenuante e reduzir a pena aplicada pela juíza. Porém, essa doação por parte do atleta do Al-Hilal está na mira do Ministério Público da Espanha.

Lee también: Ganhou a Libertadores, não jogou nada na Europa e tem nome falado no Flamengo

A juíza do caso considerou atenuante a doação feita e reduziu a pena para quatro anos em regime fechado, além de outros cinco em “liberdade vigiada”. Segundo informações do jornal espanhol El Mundo, o MP espanhol buscará a revogação do “atenuante de reparação de danos”. Ainda cabe recurso a Daniel em instâncias superiores da Justiça espanhola.