quarta-feira 17 de abril de 2024

O maior de todos

A comovente homenagem que Pelé ganhou no Brasil 1 ano após sua morte

Rei do Futebol faleceu no dia 29 de dezembro de 2022
sexta-feira 01 de março de 2024 | 22:56hs.
Pelé faleceu em 2022, aos 82 anos de idade
Pelé faleceu em 2022, aos 82 anos de idade

No dia 29 de dezembro de 2022, o Brasil e o mundo ficavam de luto pela morte de Edson Arantes do Nascimento, ou melhor dizendo, Pelé. O Rei do Futebol morreu aos 82 anos, devido a problemas de saúde que vinha enfrentando ao longo dos últimos tempos. Seu funeral na Vila Belmiro reuniu cerca de 230 mil pessoas no começo do ano passado, e seu cortejo parou as ruas da cidade de Santos.

Lee también: Jogou no Corinthians, venceu Pelé em campo e perdeu a vida

Único jogador a ter sido tricampeão da Copa do Mundo (1958, 1962 e 1970), Pelé também é o jogador com o maior número de gols marcados na história do futebol mundial: foram 1.283. Só defendeu duas equipes na carreira, além da Seleção Brasileira: o Santos (onde conquistou tudo o que disputou, entre Rio-São Paulo, Libertadores da América, Mundial de Clubes, Campeonato Paulista e também o Brasileirão), e também no New York Cosmos, dos Estados Unidos.

Há 50 anos, milésimo gol de Pelé simbolizava uma época - Esportes - R7  Futebol
A comemoração do milésimo gol de Pelé, em 1969

Um dos fatos mais marcantes da brilhante carreira que o Rei teve foi o seu milésimo gol. Em um jogo do Campeonato Brasileiro de 1969, contra o Vasco da Gama no Maracanã, Pelé marcou de pênalti o gol da virada santista, sacramentando a vitória por 2 a 1 diante dos cariocas e entrando para a história do futebol mundial. E esse feito histórico lhe rendeu uma homenagem póstuma.

Lee también: Depois de renovar com o Flamengo, o destino surpreendente que Gabigol teria

No final do ano passado, a Câmara dos Deputados do Brasil aprovou um projeto de lei que institui o dia 19 de novembro como “O dia do Rei Pelé”, em alusão à data em que marcou o milésimo gol de sua carreira. Agora, o texto está com o Senado Federal, e depois seguirá para a assinatura definitiva do presidente Lula. Apesar de ser torcedor do Corinthians, maior rival do Peixe, o político já assumiu diversas vezes a sua tamanha admiração pelo eterno camisa 10.