quarta-feira 17 de abril de 2024

Daniel Alves

A polêmica declaração de jornalista brasileiro após a condenação de Dani Alves: sobrou até para Robinho

Lateral-direito e atacante foram condenados pelo mesmo crime, mas em países diferentes
segunda-feira 26 de fevereiro de 2024 | 20:20hs.
Robinho e Daniel Alves conquistaram 2 títulos juntos pela Seleção Brasileira
Robinho e Daniel Alves conquistaram 2 títulos juntos pela Seleção Brasileira

Daniel Alves só não conquistou mais títulos do que Lionel Messi na história do futebol. Inclusive, o lateral ficou na frente do ranking por um bom tempo, até ser superado pelo seu ex-companheiro de Barcelona. Enquanto o argentino caminha para um fim de carreira glorioso e vitorioso, o brasileiro amarga uma cela na prisão. Daniel foi condenado a quatro anos de prisão em regime fechado.

Lee también: A drástica atitude do Bahia, time que revelou Dani Alves no Brasil

O ex-jogador de Juventus, São Paulo e PSG foi condenado por ter cometido violência íntima contra uma jovem de 23 anos na noite do dia 30 de dezembro de 2022, na boate Sutton, em Barcelona. Preso desde o dia 20 de janeiro, o jogador teve o contrato com o Pumas-MEX rescindido por justa causa após a detenção. Ele chegou a pagar cerca de R$ 800 mil para atenuar a duração da pena, valor doado pelo pai do atacante Neymar, do Al-Hilal.

Daniel Alves não concorda com comparações com Robinho: “Não ...
Robinho e Daniel Alves: condenados pelo mesmo crime

Em entrevista ao podcast “Terrabolistas”, do site Terra, o jornalista Douglas Araújo fez duras críticas não só contra Daniel Alves, mas também contra Robinho. Ídolo da torcida do Santos, o atacante que defendeu times como Real Madrid e Manchester City foi condenado a 9 anos de prisão na Itália pelo mesmo crime que o lateral-direito cometeu. Diferente de Daniel, que ainda pode recorrer em instâncias superiores na Espanha, Robinho foi efetivamente condenado.

Lee también: Condenado a quatro anos: esse é o salário de Daniel Alves na prisão

“Ele (Daniel) pode apodrecer na cadeia, como também deveria acontecer com o Robinho” - disse o jornalista. O caso do “Rei das Pedaladas” ocorreu em 2013, quando ele ainda jogava pelo Milan. O jogador e outros amigos cometeram violência íntima coletiva contra uma jovem albanesa de 23 anos numa boate de Milão. A Itália pediu a extradição de Robinho, mas o Brasil recusou, já que é previsto na Constituição Federal que o país não extradita cidadãos natos.