quarta-feira 17 de abril de 2024

Daniel Alves

A polêmica fala de Tite após a condenação de Dani Alves que chocou a todos

Técnico do Flamengo comandou o lateral na Seleção Brasileira
segunda-feira 26 de fevereiro de 2024 | 9:47hs.
Tite orienta Dani Alves em jogo da Seleção Brasileira
Tite orienta Dani Alves em jogo da Seleção Brasileira

Desde 2006, Daniel Alves defendeu a Seleção Brasileira. Nesse período, conquistou quatro títulos, sendo dois da Copa América (2007 e 2019) e da Copa das Confederações (2009 e 2013). Disputou três vezes a Copa do Mundo e se tornou o jogador mais velho a entrar em campo num Mundial pelo escrete canarinho. Em 126 jogos com a amarelinha, o jogador marcou oito gols.

Lee también: A drástica atitude do Bahia, time que revelou Dani Alves no Brasil

Mas desde janeiro de 2023, sua vida virou do avesso. O jogador está preso desde o dia 20/01 do ano passado, por conta de um crime cometido no fim de 2022 na Espanha. O lateral teria forçado uma jovem de 23 anos a manter relações íntimas com ele, mesmo sem o seu consentimento. Na última quinta-feira (22), Daniel foi condenado a quatro anos de prisão em regime fechado pelo crime.

Tite convoca seleção brasileira para Copa do Mundo na ...
Tite trabalhou com Daniel Alves na Seleção

Durante o julgamento, o lateral-direito só prestou o seu depoimento no último dia, antes de aguardar a sentença final. E manteve a versão de que a relação que teve com a jovem foi consensual. Porém, não foi isso o que o juiz e os promotores entenderam, e lhe deram a pena mínima, já que o jogador pagou R$ 800 mil para atenuar o tempo de prisão, podendo progredir ao regime semiaberto em 2025.

Lee también: A reação de Joana Sanz após condenação de Dani Alves: todos foram surpreendidos

Quem também falou sobre o caso foi Tite. Técnico da Seleção entre 2016 e 2022, o atual comandante do Flamengo conquistou a Copa América em 2019 tendo Dani Alves como capitão do time e titular da lateral-direita. Ele lembrou quando foi perguntado de uma polêmica semelhante envolvendo Neymar, e respondeu: “Conceitualmente, todo erro deve ser punido. Fora que há uma etapa de um profissional que trabalhou comigo e existem outras etapas profissionais e pessoais que ele também exerce. Essas eu não conheço e não posso julgar, tenho que ter muito cuidado” - disse.