quarta-feira 17 de abril de 2024

Daniel Alves

A grata surpresa que teve Dani Alves após ter sido condenado

Jogador brasileiro cumprirá quatro anos de prisão na Espanha
domingo 25 de fevereiro de 2024 | 22:11hs.
Daniel Alves foi surpreendido com notícia
Daniel Alves foi surpreendido com notícia

Titular da Seleção Brasileira durante muitos anos, Daniel Alves foi condenado a quatro anos de prisão em regime fechado pela Justiça da Espanha na última quinta-feira (22), por ter cometido violência íntima contra uma jovem de 23 anos no final de 2022, em uma boate de Barcelona. O lateral-direito está preso desde janeiro do ano passado.

Lee también: No Independiente ele valia 2 milhões, esse é o novo salário de Juan Cazares no Santos

Mesmo com a condenação, ainda cabe recurso para a defesa do jogador. Com passagens vitoriosas pelo Barcelona, Juventus e Paris Saint-Germain, o brasileiro ainda pode recorrer ao Tribunal Superior de Justiça da Catalunha e também ao Tribunal Supremo da Espanha, que é o equivalente ao Supremo Tribunal Federal aqui do Brasil, a instância definitiva.

Daniel Alves, no primeiro dia do julgamento do caso em que é acusado de estupro em Barcelona — Foto: Alberto Estévez/EFE
Daniel Alves foi condenado a quatro anos de prisão

A acusação chegou a pedir aos juízes e promotores do caso que aplicassem a pena máxima prevista para o crime no país: 12 anos de prisão. Porém, o pagamento de R$ 800 mil feito pelo jogador serviu como atenuante para reduzir o tempo a cumprir na cadeia. O dinheiro, inclusive, foi doado por ninguém menos que o pai de Neymar, Neymar da Silva Santos, que sempre foi muito próximo de Daniel após a ida do filho para o Barcelona em 2013.

Lee también: (Vídeo) esse foi o motivo da polêmica expulsão de Robert Arboleda em São Paulo

De surpresa, Dani Alves recebeu a notícia de que receberá R$ 6,4 milhões do Fisco Espanhol. O jogador venceu uma ação que tramitava na Justiça do país contra o agente Joaquín Macanás, na época em que renovava o seu contrato com o Barça entre 2013 e 2014. Segundo o corpo de advogados do brasileiro, o agente agiu em nome do clube, não de Daniel. O valor pode ser usado para diminuir o tempo de pena do jogador.