quarta-feira 17 de abril de 2024

Daniel Alves

O que fizeram com monumento a Daniel Alves no Brasil que chocou a todos

Jogador foi condenado a quatro anos de prisão por grave crime na Espanha
sexta-feira 23 de fevereiro de 2024 | 22:54hs.
Daniel Alves teve duas passagens pelo Barcelona
Daniel Alves teve duas passagens pelo Barcelona

Daniel Alves tem sido o assunto mais comentado da semana não só no Brasil, mas no mundo. Ex-capitão da Seleção Brasileira e multicampeão por vários clubes na Europa e no Brasil, o lateral-direito foi condenado na última quinta-feira (22) a quatro anos de prisão em regime fechado na Espanha, por ter cometido crime de violência íntima contra uma jovem de 23 anos, no dia 30 de dezembro de 2022.

Lee también: Orgulho Equatoriano! Esse foi o motivo pelo qual o Corinthians contratou Félix Torres

Tricampeão da Liga dos Campeões da Europa e do Mundial de Clubes da FIFA pelo Barcelona, campeão da Copa América, da Copa das Confederações e dos Jogos Olímpicos com a “amarelinha”, três edições da Copa do Mundo disputadas (2010, 2014 e 2022), além de títulos na Itália pela Juventus e na França pelo Paris Saint-Germain. Na Espanha, ainda defendeu o Sevilla, onde ganhou duas vezes a Copa da UEFA (atual UEFA Europa League), a Supercopa da UEFA e a Copa do Rei

Estátua de Daniel Alves foi inaugurada em Juazeiro em 2020 — Foto: Divulgação / Prefeitura de Juazeiro
Estátua de Daniel Alves em Juazeiro já se tornou alvo de polêmica após condenação do jogador

Mesmo com a acusação pedindo a aplicação da pena máxima para este tipo de crime na Espanha (12 anos de prisão), o ex-jogador do São Paulo foi condenado apenas a quatro anos em regime fechado, podendo ser solto em dois anos, com mais cinco anos em liberdade condicional. A imagem de supercampeão ficou manchada por conta do grave crime cometido. Mesmo com todas as acusações, o lateral defende a versão de que a relação íntima com a jovem de 23 anos foi totalmente consensual.

Lee también: Fracassou no Santos, mas conquistou a Sul Americana com a LDU, agora eles o respeitam no Brasil

Porém, a sua cidade natal agora o vê como “persona non grata”. Na cidade de Juazeiro, no estado da Bahia, há uma estátua para o filho mais ilustre do município de 235 mil habitantes. A obra do artista plástico Léo Santana foi inaugurada em 2020, e já foi vandalizada ao menos duas vezes. Nas redes sociais, cidadãos de Juazeiro protestaram fortemente. A prefeitura da cidade, porém, manterá o monumento até que o recurso de Daniel seja julgado pela Justiça espanhola. Lembrando que ele pode recorrer às duas principais instâncias locais, equivalentes ao STJ e ao STF no Brasil.