quarta-feira 17 de abril de 2024

São Paulo FC

Jogou a Copa do Mundo do Catar, é ídolo no São Paulo, foi condenado à prisão

Jogador conquistou mais de 40 títulos na carreira e agora enfrenta a prisão
quinta-feira 22 de fevereiro de 2024 | 9:08hs.
Campeão pelo São Paulo, jogador foi condenado à prisão por grave crime
Campeão pelo São Paulo, jogador foi condenado à prisão por grave crime

Acabou a esperança para Daniel Alves. O lateral-direito, multicampeão por diversos clubes como o Barcelona, Paris Saint-Germain e Juventus foi efetivamente condenado na Espanha. O atleta brasileiro cometeu violência íntima contra uma jovem de 23 anos em uma boate de Barcelona no fim de dezembro de 2022, forçando-a a manter relações não-consensuais.

Lee también: Fracassou no Santos, mas conquistou a Sul Americana com a LDU, agora eles o respeitam no Brasil

Ao contrário do que se imaginava, o ex-capitão da Seleção Brasileira pegou a pena mínima: 4 anos e 6 meses de prisão em regime fechado, sem o pagamento de fiança. Porém, ainda cabe recurso em outras instâncias da Justiça da Espanha. Daniel, que ainda defendeu o São Paulo, terá que pagar uma indenização de R$ 800 mil à vítima. Desde janeiro de 2023, o lateral está detido no Complexo Penitenciário Brians II, nos arredores de Barcelona.

Defesa de Daniel Alves vai recorrer de condenação: “Inocência” | Metrópoles
Daniel Alves disputou a Copa do Mundo em três oportunidades: 2010, 2014 e 2022.

O brasileiro, porém, não poderá recorrer da sentença em liberdade. Sua advogada já disse que entrará com recurso para anular a condenação no Tribunal Superior de Justiça da Espanha, equivalente ao STF no Brasil. A promotoria do caso solicitou uma pena de 9 anos de prisão. Porém, o lateral foi condenado a 4 anos na cadeia, com mais 5 anos sendo vigiado após o cumprimento da sentença. A vítima solicitou a pena máxima de 12 anos para Daniel, mas a Justiça entendeu que a condenação aplicada "era o suficiente".

Lee también: Enquanto o Fluminense vale R$ 571 milhões, o valor de mercado do elenco da LDU

Com a camisa da Seleção Brasileira, Dani Alves conquistou a Copa América em 2007 e 2019, e a extinta Copa das Confederações em 2009 e 2013. Ele disputou a Copa do Mundo em 2010, 2014 e 2022, quando se tornou o jogador mais velho a defender o escrete canarinho na história dos mundiais. Revelado pelo Bahia, ele foi campeão do Campeonato Paulista pelo São Paulo. Conquistou a Liga dos Campeões da Europa por três vezes pelo Barça: 2009, 2011 e 2015, além de títulos na Itália e França. Seu último clube foi o Pumas-MEX, que rescindiu o seu contrato após a prisão preventiva ser decretada, em 20 de janeiro do ano passado.