quarta-feira 17 de abril de 2024

Dani Alves

Dani Alves: a indenização milionária exigida pela vítima que acusa o jogador de agressão

A senhora supostamente estuprada também pede 12 anos de prisão para o brasileiro.
segunda-feira 11 de dezembro de 2023 | 18:07hs.
Redação Jogo Bonito Brasil
Dani Alves
Dani Alves

O jogador de futebol brasileiro Dani Alves vai passar quase um ano preso em Barcelona, ​​após ser acusado de assédio por uma mulher que afirma ter sido estuprada no dia 30 de dezembro de 2022 pelo brasileiro. Especificamente, a suposta vítima pede uma indenização de um milhão de dólares, além de passar vários anos na prisão.

Lee también: O mais bem pago do mundo: esse seria o salário de Abel Ferreira no Qatar

Há 18 dias o Ministério Público espanhol pediu a pena de nove anos de prisão para o futebolista brasileiro Dani Alves, acusado de violação por uma jovem numa discoteca de Barcelona, ​​factos pelos quais se encontra em prisão provisória desde janeiro.

E enquanto aguarda a decisão final do seu caso, o ex-jogador da seleção brasileira e do Barcelona da Espanha recebeu péssimas notícias do demandante.

Ester García, que é advogada da suposta vítima de 23 anos, antes do julgamento que terá lugar em Barcelona, ​​​​entregou ao juiz do caso um documento para condenar Dani Alves.

A defesa pede a pena de 12 anos de prisão para o brasileiro Dani Alves, além disso, também pedem fiança de 1.000 metros de distância para que ele não se aproxime da senhora, além de não ter nenhum tipo de contato com ela até 10 anos depois de ter cumprido sua pena.

Além disso, o advogado García também pede indenização por danos físicos e psicológicos, que equivale a 596 milhões de pesos colombianos.

Iniciando todo esse processo judicial, a defesa do jogador de futebol brasileiro havia oferecido um acordo financeiro, porém, o autor não aceitou o referido acordo e preferiu prosseguir com o caso.

Dani Alves em seu último clube, o Pumas do México, quando foi conhecida a acusação contra Dani Alves, jogava pelo clube Pumas do México e poucos dias depois seu contrato foi rescindido. |

Uma reviravolta surpreendente ocorre no caso Dani Alves, a vítima do suposto estupro aceitaria uma indenização. Por outro lado, o advogado da vítima também teria solicitado que durante o julgamento, para o bem-estar da mulher, ela tivesse ajuda profissional ao seu lado e não tivesse qualquer tipo de contato com Dani Alves, ou seja, que não não se cruzem no julgamento ou em qualquer lugar do tribunal.

No dia 23 de novembro, o Ministério Público solicitou ao jogador “uma pena de nove anos de prisão”, bem como uma indemnização à vítima de 596 milhões de pesos – mesma quantia pedida pela vítima – por um crime de “agressão”. 

Lee también: Enquanto Gabigol tem Porsche, o carro de luxo que Cássio pode deixar em São Paulo

Da mesma forma, o Ministério Público solicita mais dez anos de liberdade vigiada para Alves, uma vez cumprida a pena de prisão que lhe foi imposta, bem como a proibição de aproximação ou comunicação com a vítima durante esse período.