sexta-feira 12 de abril de 2024

Seleção

Ganhou a Copa do Mundo, foi campeão da Libertadores e lucra alto na gastronomia

Jogador também conquistou o título do Mundial de Clubes
domingo 27 de agosto de 2023 | 20:44hs.

Ele foi um dos 23 jogadores que vestiu a camisa da Seleção Brasileira na conquista inesquecível da Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e no Japão. Conquistou por duas vezes a Copa Libertadores da América, em 1999 e 2005, além do Mundial de Clubes da FIFA em 2005 com a camisa do São Paulo. Jogou também na Europa, mas foi no Brasil onde teve seu auge em campo.

O lateral-esquerdo Júnior não era titular no escrete canarinho, mas a concorrência era grande e pesada com ninguém menos que Roberto Carlos. Dos sete jogos da campanha vitoriosa do penta, ele atuou apenas na vitória por 5 a 2 diante da Costa Rica, onde o técnico Luiz Felipe Scolari poupou metade do time visando o mata-mata. Além de dar assistência pra gol, o camisa 16 marcou um gol na vitória por 5 a 2.

Mais notícias aqui:

A nova campanha da torcida do Flamengo: Landim e Braz não curtiram isso

"Não joga nada": os comentários da Fiel torcida contra Yuri Alberto no Corinthians

Pentacampeão do mundo, lateral Júnior retorna da aposentadoria para  defender o Formosa-GO | formosa | ge

Pelo Tricolor Paulista, ele ganhou o Campeonato Brasileiro por três vezes seguidas (2006, 2007 e 2008), além da Libertadores e do Mundial. Com a camisa do Palmeiras, ganhou a Libertadores em 1999, mas foi vice-campeão mundial após perder para o Manchester United, da Inglaterra, no Japão. Ele ainda passaria pelo Parma e pelo Siena na Itália. No Brasil, ainda defendeu Atlético-MGGoiás.

Depois das chuteiras

Foi no Esmeraldino que ele encerrou a carreira, sendo vice-campeão da Copa Sul-Americana em 2010. Na época em que defendeu o Galo, Júnior "penta" abriu um restaurante de luxo em um bairro da região nobre de Belo Horizonte, voltado para a gastronomia francesa. Até hoje, ele tem feito sucesso.